Entrar

Entrar

Esqueceu sua senha?

  • Av. Major Sylvio Magalhães Padilha, 16.741 - Morumbi - SP
  • (11) 3090-6161

Rota 2030: definido novo formato com abatimento de créditos em 15 anos e mudanças no IPI

O Rota 2030 já está definidamente redigido e aprovado tanto pelo Ministério da Fazenda quanto pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, de acordo com o jornal O Estado de São Paulo. O texto final do novo programa automotivo brasileiro está pronto e agora a equipe técnica do governo está redigindo a Medida Provisória e as regulamentações que precisam ser feitas para que enter em vigor em data ainda não revelada, mas que será conhecida nos próximos dias, quando o presidente Michel Temer se reunirá com os presidentes das montadoras para o anúncio oficial da política para o setor, que terá vigência de 15 anos.

Pelo que ficou acordado entre as partes – MF e MDIC, que vinham disputando forças sobre o Rota 2030 desde agosto de 2017 – as montadoras terão mesmo de abater os créditos de investimento em pesquisa e desenvolvimento apenas no Imposto de Renda (IR) e na Contribuição Sobre Lucro Líquido (CSLL), conforme a Lei do Bem, publicada em 2005. Assim, as montadoras perdem a disputa sobre o abatimento em qualquer tributo, defendido também pelo MDIC.

Porém, mesmo com crédito debitados no IR e na CSLL, as montadoras estavam reclamando que não conseguiriam utilizar os créditos de pesquisa e desenvolvimento no ano seguinte, conforme estipula a Lei do Bem, pois incidem apenas sobre o lucro e as operações nacionais estão deficitárias há alguns anos por conta da crise. Assim, o texto definitivo do Rota 2030 prevê que tais créditos sejam usados ao longo dos próximos 15 anos.

Volkswagen-Virtus-fábrica-São-Bernardo-do-Campo-8-1024x683 Rota 2030: definido novo formato com abatimento de créditos em 15 anos e mudanças no IPI

Nesse caso, as montadoras só poderão faze-lo nos três primeiros anos do programa, que deve ser iniciado em janeiro de 2019, apesar de que já se estuda começar antes disso, ainda neste ano. Depois disso, a partir do quarto ano, cada fabricante terá de abater os créditos no ano seguinte aos resultados financeiros. Ou seja, se tiver prejuízo, não poderá descontar os créditos a que tem direito. Além disso, haverá um limite de concessão de créditos de P&D de R$ 1,5 bilhão por ano e um limite de investimentos de R$ 5 bilhões.

A regra é que a cada R$ 5,00 investidos em pesquisa e desenvolvimento, as montadoras terão direito a R$ 1,50. Além disso, MF e MDIC chegaram a um acordo referente aos R$ 300 milhões devidos em créditos para os fabricantes de carros premium (Audi, BMW, Land Rover e Mercedes-Benz), cujo montante apresado ainda na época do Inovar-Auto, será liberado o mais breve possível, devendo ser feito ainda em 2018. No entanto, essas empresas também ficam sob o mesmo critério das demais no Rota 2030, sem privilégios, pois isso poderia levar a demanda futura na OMC.

Mas as mudanças não param por aí. O Rota 2030 finalizado ainda prevê mudanças no IPI, que passará de volume do motor, feito atualmente, para eficiência energética. Ou seja, acabarão as alíquotas por cilindrada e o MJ/km deve ser usado para se calcular o percentual de IPI sobre os automóveis e comerciais leves. Mas de quanto será essas alíquotas? Uma ideia vem de outro ponto definido, que carros elétricos e híbridos pagarão 7% de IPI. Assim, o carro comum mais eficiente em consumo energético recolherá no mínimo 7%. Provavelmente, a alíquota máxima deve ficar nos atuais 25%.

Uma opção para o Rota 2030 seria seguir as novas regras de classificação do Inmetro para 2018 , nesse caso, até 1,53 MJ/km, o IPI ficaria em 7%. Deste até 1,66 MJ/km, recolheria 11%. Daí até 1,83 MJ/km, o IPI seria de 13% e até 2,06 MJ/km ficaria em 18%. Acima desse nível de eficiência energética, acabaria em 25%. Não se trata do que está definido, sendo apenas um exemplo de como deve ocorrer, obviamente com níveis de MJ/km diferenciados ou não… O que se sabe é que a meta de redução de consumo nos primeiros 5 anos do regime automotivo serão de 12%, assim como ocorrido no Inovar-Auto. O que você acha?

Exercitation quisque accumsan!

Inceptos lectus torquent ipsum provident, nonummy curabitur! Hac mattis proident donec sequi, rerum senectus eveniet anim soluta turpis! Nunc dolorem ultrices! In. Proident congue nullam? Temporibus pede minus architecto sunt venenatis vivamus, dolorem impedit? Tempor, fermentum risus mollitia inceptos, tempore ipsa iure aspernatur tempus ridiculus iure eiusmod.

Senectus ullamcorper doloribus

Vivamus, quae rhoncus! Inventore consectetur tempus veniam, fames rerum! Auctor veniam! Sodales rerum sagittis, saepe felis mus? Ante augue sequi molestie, est, ex class orci quisque nobis, maiores, placeat ultricies molestias, mollis ex natus? Duis, commodo malesuada potenti molestiae, erat illo incididunt. Ipsum quae posuere, facilisis expedita.

Comentários do Facebook

Sobre Nós

Venha conhecer o Auto Shopping Cidade. Tudo para você sair daqui de carro novo.

O carro que você procura tanto está aqui, bem ao lado de hipermercado e restaurantes.

Horários

  • Segunda-feira  09:00 - 19:00
  • Terça-feira  09:00 - 19:00
  • Quarta-feira  09:00 - 19:00
  • Quinta-feira  09:00 - 19:00
  • Sexta-feira  09:00 - 19:00
  • Sábado  09:00 - 19:00
  • Domingo/Feriado  09:00 - 15:00

Contatos

  • Av. Major Sylvio Magalhães Padilha, 16741 - Morumbi - São Paulo
  • (11) 3090-6161

Localização

O Auto Shopping Cidade não participa das negociações de compras, vendas, trocas ou transações financeiras entre os anunciantes e os usuários, ou qualquer tipo de negociação. As vendas e entregas dos veículos anunciados, informações vinculadas no site pelos anunciantes são de inteira responsabilidade do anunciante, não podendo o usuário responsabilizar o site por qualquer eventual descumprimento entre anunciantes e compradores. O usuário reconhece e assume sua exclusiva responsabilidade nas negociações que vier a efetuar com os anunciantes do site. Estoque, preços e informações sobre os anúncios sujeitos a confirmação do anunciante. Todos os Direitos Reservados ® AUTO SHOPPING CIDADE

Desenvolvido por Expressão WEB